Hoje faz um ano em que não a vejo.

Faz um ano que eu não sei como esta sua vida.

Será que está tudo bem? Ou será que vai mal?

Será que ela teve outra recaída?

Ou será que está se dando bem na vida?

Será que começou a faculdade que tanto queria?

Será que juntou seu coração com outro?

Não sei nada.

Nem um oi.

Nenhuma palavra.

Nada.

Saudade de você, amiga.